Como apagar histórico do Google

Como apagar histórico do Google

Descubra como apagar histórico do Google. Apague o histórico de navegação, de downloads, de imagens em cache, de senhas e cookies.

Você já deve ter ouvido falar que seu navegador e o Google salvam informações a respeito de tudo que você faz na internet.

É verdade – e você pode não querer que terceiros bisbilhotem sua vida.

Apagar o histórico de busca de seu aparelho é uma forma de evitar dar acesso a dados pessoais e retirar informações que o Google salvou em seus servidores.

Vamos entender melhor como isto funciona?

Como apagar histórico e dados do navegador

Toda vez que você digita algo no navegador, ele reconhece imediatamente o que você busca.

Google Chrome, Firefox, Safari e a maioria dos navegadores monitoram suas pesquisas e os sites que você visita.

 A alegação é que isto ajuda você a voltar rapidamente aos sites que gostou. Mais adiante, veremos como eles fazem isso e os pontos negativos.

 Se você quiser apagar o histórico de busca e outras informações salvas pelo Chrome e o Firefox, eis o passo a passo:

  1. Clique “Ctrl+Shift+Delete” no Windows ou “CMD+Shift+Delete” no macOS
  2. Clique em “Histórico de navegação”
  3. Escolha o período de tempo que quer limpar
  4. Clique em “Limpar dados”

No Safari:

  1. No menu no topo da tela, clique em “Histórico” 
  2. Clique em “Limpar histórico”
  3. Escolha o período de tempo que quer limpar
  4. Clique novamente em “Limpar histórico”

Como limpar o histórico de busca do Google?

Se você achava que apagar o histórico de busca elimina todos os rastros de suas atividades na internet, ledo engano: caso tenha uma conta do Google, ele salva informações de suas pesquisas e sites, dos vídeos que você assiste e dos lugares aonde vai.

A empresa argumenta que o objetivo é oferecer uma experiência altamente personalizada. Acredite se quiser…

Se você se arrepia com tanto monitoramento, eis o que pode fazer:

  1. Clique no avatar de sua conta do Google no canto superior direito do Chrome
  2. Clique em “Gerenciar sua conta do Google”
  3. Clique em “Dados e personalização” no canto esquerdo
  4. Gerencie suas atividades na aba “Controles de atividade”

Talvez você pense “ah, eu navego no modo anônimo, estou livre disso”.

Aqui, existe uma pegadinha!

Se você se registra em sites como Facebook, Amazon ou qualquer outro no modo anônimo, eles gravam sua atividade da mesma maneira.

Ou seja: você pode ser bombardeado por anúncios do mesmo jeito. Leia com atenção o que o Google diz quando você escolhe uma “Nova janela anônima”.

Ao apagar o histórico de busca de seu navegador, o que você faz é eliminar a lista de sites que visitou.

Ele também monitora outros dados, como:

Para descobrir tudo isso, use o atalho Ctrl+Shift+Delete no Windows ou CMD+Shift+Delete no macOS e acesse a aba “Avançado”.

Agora, vamos entender cada um deles.

Histórico de downloads

Não se trata do que você baixou, mas somente uma listagem. Ela existe para ajudar você a abrir arquivos facilmente se você não os encontrar em seu aparelho ou permitir que você os baixe novamente.

Imagens e arquivos em cache

No cache ficam cópias locais de imagens e outros elementos que agilizam o carregamento dos sites.

Quando você abre um site que já visitou, seu navegador extrai imagens do cache, ao invés de baixá-las mais uma vez.

Como limpar o cache libera espaço, a ação também deixa seu aparelho mais veloz.

Dados de autopreenchimento

A função do autopreenchimento é preencher automaticamente dados já gravados, como suas informações de contato ou de cartões de crédito.

Isto significa que você terá que tirar estes dados do navegador se eles forem alterados.

Senhas e outros dados de preenchimento

É comum navegadores terem um gerenciador de senhas padronizado. Você percebe isso quando se registra em um site e é indagado se quer salvar os dados e vê opções como “nunca” e “somente desta vez”.

Quando você concorda com uma delas, o navegador preenche um formulário de registro com suas credenciais da próxima vez em que você entrar no site.

O mesmo vale para dados de autopreenchimento.

Configurações de sites

Entre elas, estão as permissões que você concede a sites, como permitir uso de câmera e microfone e liberar ou bloquear pop-ups.

Cookies

Nada de gostoso aqui, apesar do nome.

Os cookies dão informações sobre suas preferências de sites às páginas de internet que você visita, mantém você registrado e garantem que seu carrinho de compra continue cheio mesmo se você fechar a aba sem querer. Espertos, não?

Ainda existem cookies de terceiros que monitoram suas visitas em diversos sites para exibir a você anúncios personalizados.

É muito comum eles se localizarem nas propagandas que você vê em um site, e não no próprio código da página.

Também existem ferramentas de navegador específicas, como liberar dados de aplicativos instalados no Google Chrome.

Mas e se você se dá conta de que quer acessar uma página do histórico que apagou?

No caso do Chrome, não precisa entrar em pânico.

Se estava registrado em sua conta do Google antes de apagar o histórico, vá para google.com/history e verifique onde e quando tem navegado.

Os resultados do seu navegador ficam intactos ali, mesmo depois da eliminação do histórico.

Você também pode ter interesse: